Objetivos

1. Contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos e família;

2. Prevenir situações de dependência e promover a autonomia;

3. Contribuir para retardar ou evitar a institucionalização;

4. Prestar cuidados de ordem física e apoio psicossocial aos utentes e famílias, de modo a contribuir para o seu equilíbrio e bem-estar;

5. Assegurar aos indivíduos e família a satisfação das necessidades básicas;

6. Colaborar e/ou assegurar o acesso à prestação de cuidados de saúde;

7. Minimizar o desgaste físico e psicológico que afeta as famílias que, por imperativos socioprofissionais, não têm possibilidades de efetuar o atendimento e acompanhamento desejados aos seus familiares.